Com o estado de emergência em território nacional, muitas são as empresas que mudaram ou estão a mudar a sua práxis diária para o digital. O Ministério da Saúde foi uma delas!

Milhares de pessoas já estão em teletrabalho e os canais digitais, que eram destino de divulgação institucional e comercial, passaram a ser um destino multifuncional, muito mais abrangente e sobretudo relevante para a continuidade de negócio do País.

De repente toda uma nação adotou o Digital como canal de eleição para a maioria dos seus comportamentos sociais e profissionais.

Por isso, mais do que nunca, para existirem, as empresas têm de estar no digital, porque é lá que todos estamos a socializar, a trabalhar e a “sobreviver”.

Essa parece ser também a premissa adotada pelo Ministério da Saúde, que se rendeu à omnipresença da Google e nos últimos dias tem-se servido da plataforma Google Ads para informar e sensibilizar a população portuguesa sobre a COVID-19.

COVID-19-ministerio-da-saude-no-google-ads

O Ministério da saúde criou um portal sobre a mais recente pandemia COVID-19 e promove-a diariamente através de campanhas pagas Google, para garantir uma posição cimeira face a todas as restantes fontes de informação.

Visite o portal COVID-19 do ministério da Saúde em: https://covid19.min-saude.pt

Plano Digital de sobrevivência

Prevê-se que nos próximos meses, a forma como as empresas investirem no digital vai ser decisiva sobre a sua continuidade de negócio. Só há duas opções: ”morrer ou vencer em combate”.

Sendo já atualmente um canal super competitivo, por ser dos poucos onde as empresas mais pequenas conseguem competir lado a lado com as mais conhecidas, a resiliência digital das empresas será sem dúvida o fator de sucesso.

 

 

3 Estratégias de aumento da resiliência digital

Para as empresas cujo negócio é gerado através do “porta a porta”, do “boca a boca”, das feiras, eventos e networking presencial, algumas das ações digitais mais eficazes no curto prazo poderão ser:

Promoção via Email Marketing

O Email Marketing é uma das estratégias de Marketing mais económicas e com maior grau de sucesso. Permite comunicar diferentes mensagens para diferentes perfis de clientes, de forma personalizada, monitorizando de perto o comportamento dos utilizadores que interagem com os emails.

Visualize o vídeo a seguir apresentado sobre como tirar o máximo proveito do email com 10 conselhos simples

 

 

Promoção em Social Media

Promover conteúdos via Social Media tornou-se num standard do Marketing Digital. Por um lado as redes sociais diminuíram de forma substancial o alcance dos posts orgânico, incentivando assim todas as empresas (mesmo as que têm grandes comunidades) a promover todos os seus conteúdos. Por outro, as empresas têm reconhecido um ROI muito positivo neste tipo de ações pagas. 

 

social-media

 

Uma das particularidades que tornam a promoção de social media eficaz é a vasta capacidade de segmentação da audiência a quem se irá mostrar os anúncios. Segmentação é uma das palavras-chave do Marketing Digital no geral! 

Outra particularidade prende-se com os automatismos e opções de calendarização na promoção de conteúdos nas redes sociais. Por fim toda a analítica disponível, que ajuda as empresas a entender em detalhe os efeitos de cada promoção na dinâmica do seu negócio. Vale a pena explorar!


Promoção no Google 

A divulgação no Google é um "must have" no Marketing Digital, para qualquer empresa. Vimos no início deste artigo que o Ministério da Saúde (MS) já se rendeu ao Google Ads para promover em Portugal a sua mensagem sobre o COVID-19. O MS tomou esta decisão por ser uma das formas mais rápidas de globalizar uma mensagem. Resulta!

Outra razão para abraçar o Google Ads é garantir uma posição de topo na plataforma que mais pessoas visitam online para efetuar pesquisas. Além de ser a plataforma digital mais competitiva do mundo, onde todos os negócios estão, é a mais usada mundialmente, por isso todos querem lá estar com o maior destaque possível. Com o Google Ads os negócios destacam-se dos da concorrência porque aparecem primeiro.

 

 

 

As três ações promocionais acima identificadas vão beber da mesma fonte – conteúdos valiosos, exclusivos, informativos, noticiosos e tendencialmente não comerciais.

A plataforma destino escolhida é o blog, que frequentemente coexiste dentro do website da empresa.

 

o-mundo-mudou-o-ministerio-da-saude-ja-esta-no-google

 

Aconselhamos as empresas a repensarem rapidamente as suas estratégias de divulgação, de passa-palavra e de envolvimento com os seus potenciais clientes, através de desenhos de fluxos de engagement, como o que mostramos a seguir, a título de exemplo:

 

fluxograma-de-engagement-marketing-digital

 

Sugerimos que visualize o vídeo a seguir apresentado, que ensina a interpretar este fluxo de engagement digital

 

fluxo-de-engagement-digital

Soapbox - Untitled Recording — Mar 25, 4:16 pm

 

3 ações basilares para conquistar o topo digital

A par da promoção em Social Media, Motores de Pesquisa ou Email marketing, é importante investir no desenvolvimento sustentado de uma presença forte digital. Tal deverá ser feito de forma integrada, através de um Plano estratégico de Marketing digital, que irá abordar nomeadamente 3 áreas: 

1.- Audiência ou Buyer Personas: Conheça a sua audiência do avesso – se já tem um negócio montado com uma base de clientes ativos, já sabe quem são os seus melhores clientes e consequentemente quem quer atrair no futuro. Saiba o mais que puder sobre a rotina dos seus melhores clientes para alcançar um novo público-alvo semelhante. Pontos a estudar sobre as suas buyer Personas:

  • Que canais digitais usam?
  • A que horas acedem à internet e com que objetivos?
  • Que informação procuram nos diferentes canais?
  • Quais os medos e receios atuais que os afetam?
  • Quais os objetivos e desafios que procuram ultrapassar?

buyer-persona

2.- Website institucional ou E-commerce: Desenvolva o seu website como se a sua área comercial dependesse dele a 100% - o seu website será a partir de agora a sua porta de entrada de todas as oportunidades de negócio. Assim garanta que mostra, à distância de um simples click, o melhor que a sua empresa faz, bem como todos os problemas que os seus produtos ou serviços ajudam a resolver.

 

desenvolver-o-website

 

3.- Content Marketing: Crie uma estratégia de conteúdo orientada para os pain ponts das suas buyer Personas – numa era digital cada vez mais exigente, os utilizadores deparam-se com um volume elevado de conteúdos pouco úteis, que descredibilizam este canal. Opte por fazer conteúdo relevante, que ajude a sua audiência a resolver os seus problemas.

checklist

 

Da sobrevivência para um novo futuro de oportunidades

Com a migração do offline para o online, as empresas conseguem alcançar uma omnipresença que as torna populares nos 4 cantos do Mundo. Agora, de uma audiência geográfica limitada, as empresas passam a conversar com uma audiência global.

da-sobrevivencia-para-um-novo-futuro-de-oportunidades

Não há que ter medo de enfrentar esta nova realidade digital, porque não é mais do que uma grande oportunidade de inovação para o tecido empresarial português, numa altura em que a sua audiência já está a consumir mais digital do que nunca.

O gráfico que a seguir apresentamos mostra a evolução positiva que as principais marcas de hipermercados online sofreram em apenas 2 semanas. 

ecommerce

De acordo com a Forbes (2020) nas últimas semanas houve um boom de empresas B2C e B2B que iniciaram o desenvolvimento das suas estratégias digitais, com o lançamento de novos websites e campanhas cross-media baseadas em conteúdo orientado para os problemas atuais dos seus potenciais consumidores, que operam agora através de casa. 

As empresas suspenderam os seus planos de marketing tradicionais e estão agora a fazer um shift exclusivamente para o online, para assim estarem próximas das suas buyer personas.

Os eventos começam a realizar-se um pouco por todas as plataformas sociais, desde o LnkedIn Live ao Facebook, passando pelos HangOuts.

Os Marketers procuram a forma mais produtiva de gerir plataformas digitais, optando por softwares que integrem o maior número de apps possível num mesmo local, como por exemplo o Marketing Hub da Hubspot, cujas vantagens são explicadas no vídeo em baixo:

 

 

O mundo não parou...transformou-se! Acompanhe esta transformação e aproveite o momento para se destacar da sua concorrência.