Artigo atualizado a 28 de Outubro de 2019

Neste artigo irá perceber o que são listas de marketing, qual a sua importância e como configurá-las para uso futuro.

O que são Listas de Remarketing?

As Listas de Remarketing são, basicamente, coleções de utilizadores que visitaram o seu website ou utilizadores da sua aplicação móvel. Estas listas recolhem estas pessoas através de cookies, com base em regras definidas por si.

Para que o Google consiga identificar estes utilizadores através de cookies e guardá-los nas suas listas de remarketing é preciso adicionar um código de HTML ao seu website ou simplesmente interligar a conta de Google Ads com a de Analytics.

Os visitantes são adicionados à sua lista segundos após visitarem o seu website e podem estar presentes em várias listas desde que o comportamento destes seja o igual ao especificado na regra que criou.

 

Qual o objetivo das Listas de Remarketing?

Ao recolher estas listas, com base nas regras definidas, está a dizer ao Google que deseja que eles sejam novamente alvos de marketing através de campanhas de Google Ads.

Remarketing

Já lhe aconteceu visitar um website e no dia seguinte a publicidade que vê é referente a esse website/produto/serviço ou marca que viu? Se sim, isso significa que entrou numa lista de remarketing dessa marca.

Exemplo:

Imagine que criou uma lista de remarketing para utilizadores que visitaram o seu website mas não converteram. Pode com esta lista fazer uma nova campanha de Pesquisa ou Display para levar estas pessoas a comprar.

Nas campanhas de remarketing, a mensagem deve ser diferente da criada anteriormente, pois assim conseguimos criar anúncios mais qualificados para estas pessoas, tendo em conta os produtos/páginas que visitaram.

Pode depois também definir apenas certas palavras-chave para esta campanha e atribuir por exemplo lances superiores às suas palavras-chave para estas pessoas pois estão mais propícias a realizar uma conversão no seu website.

Quero saber mais sobre Google Ads >

 

Como definir as regras para recolha de listas?

Podemos definir as regras para a recolha de utilizadores baseadas em comportamentos específicos dependendo do objetivo com as listas de remarketing, como por exemplo:

  • Utilizadores que visitaram o seu website mas não converteram independentemente do tempo que estiveram no site;
  • Utilizadores que visitaram uma página específica;
  • Utilizadores que converteram num certo produto;
  • Utilizadores que visitaram o website antes, após ou durante uma data específica.

É preciso ter em consideração que para criar uma campanha de remarketing para anúncios de pesquisa, tem de ter um mínimo de 1.000 utilizadores ativos na sua lista, nos últimos 30 dias. Por outro lado, para anúncios de display precisa apenas de ter 100 utilizadores ativos.

 

Como configurar as listas de remarketing?

Para configurar uma lista tem 2 opções:

  • Importar listas já criadas no Google Analytics;
  • Configurar as listas através do Google Ads.

 

Configurar Listas de Remarketing no Google Ads

  • Fazer login na sua conta de Google Ads;
  • Aceder a "Gestor de Públicos-Alvo no menu de "Ferramentas e Definições” no canto superior direito;

 

40-gestor-publicos-alvo

 

  • Clicar em "configurar uma origem de públicos-alvo";

 

41-configuracao-listas-remarketing

 

  • Depois temos várias opções e por isso temos de perceber que tipos de lista queremos recolher e como o queremos fazer.

    • Configurar as listas através:

      • Das etiquetas do Google Ads, ou seja, teremos de adicionar um código extra no website;

      • Da conta de Google Analytics.

    • Criar listas com base nos utilizadores:
      • Do Website;
      • Das Apps que tenha;
      • Do Youtube; 

 

Neste artigo iremos mostrar os processo de configurar listas de utilizadores do website e iremos fazer a configuração tanto através do Google Ads como através do Google Analytics.

 

Configuração da lista de remarketing através da etiquetagem do Google Ads:

 

  • Clicar em "Configurar Etiqueta";

 

41-configurar-listas-pelo-google-ads

 

  • Selecionar o tipo de dados que pretende recolher:
    • Recolha apenas dados gerais de visitas ao Website, ou seja, criar uma lista geral com todos os utilizadores que visitaram o seu website;
    • Recolha dados acerca de ações específicas que as pessoas efetuaram no seu Website, ou seja, criar uma lista com utilizadores que tiveram um comportamento específico, definido por si;
  • Escolher o tipo de negócio. Se considerar que o seu negócio não se encaixa exatamente numa destas categorias, escolha a opção "Personalizado";
  • Clicar em "Guardar e Continuar";
  • Depois, precisa de escolher como vai fazer a inserção do código no website:
    • Instala directamente no código;
    • Pede ao seu programador para o fazer;
    • Instala através do Google Tag Manager.

 

43-instalar-codigo-website

 

Após inserir o código, o Google começará a conseguir registar os utilizadores do website. 

 

Configuração da lista de remarketing através do Google Analytics:

 

  • Se ainda não tem as contas e Ads e Analytics interligadas, neste artigo tens todos os passos para que o passa fazer.
  • Se já tiver as contas interligadas, deve seguir os seguintes passos:
    • "Configurar" na caixa do Google Analytics;

    44-configurar-listas-pelo-google-analytics 
    • Escolher se pretende:
      • Recolher dados padrão disponíveis a partir desta origem de dados, ou seja criar uma lista geral de todos os utilizadores;
      • Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios, ou seja criar listas com comportamentos específicos;
      • Escolher o tipo de negócio. Se considerar que o seu negócio não se encaixa exatamente numa destas categorias, escolha a opção "Personalizado";
      • Selecionar a visualização de propriedade do Analytics onde os dados estão disponíveis. Isto é apenas importante para quem tem diferentes propriedades no Analytics. Se não tiver, basta escolher a única que lhe é exibida
      • Clicar em"Guardar e Continuar";

 

45-definicoes-lista-google-analytics

 

E já está a recolher dados.

 

Agora, que já tem as configurações iniciais feitas, vamos aprender a criar listas de utilizadores com comportamentos específicos para que consiga gerar mais valor nas suas campanhas de Google Ads e mais/melhores resultados.

No caso de pretender criar uma lista de remarketing com base em regras tem de:

  • Voltar à página inicial do "Gestor de Públicos-Alvo";

  • Clicar no botão azul “+” ;

  • Escolher o tipo de lista de remarketing que deseja criar;

Para este exemplo, escolhi o “Visitantes do Website” pois numa primeira fase para criar a primeira lista de remarketing, esta é a mais utilizada, pois coleciona utilizadores do seu website baseado em comportamentos específicos.

Para o caso de ter uma aplicação móvel, deve escolher a segunda, “Utilizadores da aplicações”.

Se tiver um canal Youtube e quiser recolher listas do mesmo, então deve escolher a terceira opção, “Utilizadores do Youtube”.

A “Lista de Clientes”, é para o caso de ter uma lista de e-mails de pessoas que queira importar para usar na sua campanha.

E ainda a "Combinação Personalizada", esta opção agrupa várias listas.

 

46-criar-lista-comportamento-especifico

 

  • Selecionamos então a opção “Visitantes do Website” para este exemplo.
    • Nome do Público-Alvo: Convém que seja específico sobre o comportamento que está a recolher. Por exemplo: “Não Converteram - Formulário X”; “Não Compraram”; “Visitaram página X”;Agora tem de começar a especificar a lista que pretende recolher;
    • Lista Membros: Deve escolher uma das opções que o Google lhe dá sobre o tipo de utilizador que pretende recolher. Para o fazer deve decidir se pretende utilizadores que visitaram uma página, ou que não a visitaram, ou que visitaram numa em data específica;
    • Página Visitada: Aqui escolhe a página do seu website sobre a qual a regra será criada;
    • Tamanho da lista: 
      • Incluir utilizadores que tiveram um comportamento específico nos últimos 30 dias;
      • Começar com uma lista em branco e portanto começa a recolher no momento em que termina a definição da regra;
    • Duração do registo: Por norma, sugiro utilizar o máximo de tempo disponível, 540 dias. Mas deve perceber se no seu caso faz sentido manter os utilizadores tanto tempo na lista.
    • Descrição adicional: Esta é opcional.
  • Por fim, clique em "Criar público-alvo" e a sua lista está criada.

 

47-definicoes-lista-comportamento-especifico

 

Exemplo:

Suponha que a lista que quer criar é para utilizadores que visitaram a página de “Campanhas de Google Ads” do seu site:

  • Nome: Página Campanhas de Google Ads;
  • Regra: “Visitantes de uma página” e o URL da página em questão;
  • Duração: 180 dias.

Agora tem de esperar que a Lista de Remarketing tenha utilizadores suficientes para criar a campanha e conseguir que estes convertam no seu website.

Pontos importantes a reter:

  • Utilize listas de remarketing para recuperar utilizadores que não converteram numa primeira visita ao website;
  • Defina o comportamento das listas de remarketing de acordo com os objetivos do seu website;
  • Defina a janela de intervalo de recolha de listas para o maior tempo possível.

No próximo artigo vou explicar como monitorizar a sua campanha. Agora que já tem a campanha online precisa de começar a obter resultados. Vou dizer-lhe quais as métricas mais importantes e como devem ser interpretadas, para perceber o que está a trazer resultados e o que tem de ser otimizado.

Quero saber mais sobre Google Ads >