É impossível ficar indiferente ao crescimento exponencial da importância do Content Marketing, do SEO, do Social Media, das Campanhas Pagas, do Email Marketing e, claro, da Inteligência Artificial - que está cada vez mais presente nas tendências digitais.

O marketing digital cresceu mais nos últimos 5 anos do que nos últimos 50!

E se pensávamos que não havia muito mais para onde ir… estávamos enganados.

O online tem-se revelado um sem-fim de oportunidades para conquistar novos clientes e fidelizar os atuais. E a verdade é que maior parte das previsões para marketing digital envolvem alta tecnologia e prometem facilitar o trabalho dos marketeers e trazer melhor ROI para os CEOs das empresas. 

Neste artigo listámos aquelas que para nós são as 12 maiores tendências digitais para o ano de 2020 (mas fique à vontade para completar a lista):

  1. Inteligência Artificial
  2. Content Marketing
  3. Pesquisa Zero Cliques
  4. Pesquisa por Voz
  5. Vídeos
  6. Marketing Personalizado
  7. Conteúdo Interativo
  8. Chatbots
  9. Google Ads Smart Bidding
  10. Stories nas Redes Sociais
  11. Posts de Shopping
  12. Omnichannel Marketing

1. Inteligência Artificial (IA)

Começamos com a IA, uma vez que é parte intrínseca de outras tendências das quais também vamos falar.

A Inteligência Artificial é a ciência de programação das máquinas para automatizar tarefas humanas, que, hoje em dia, é também capaz de analisar dados através de algoritmos de aprendizagem progressiva e atingir uma precisão incrível através de Machine Learning.

 

"The Difference Between Artificial Intelligence and Machine Learning" da SAS Software

 

Em 2017, a Gartner previu que a inteligência artificial iria estar presente em quase todos os novos produtos e serviços de software.

Esta empresa de pesquisa e consultoria previu também que, até 2020, 25% das empresas iam utilizar chatbots para o apoio ao cliente. O ano ainda agora chegou e, se ainda não atingiu este valor, estamos, certamente, perto disso.

Se pensar nas interações que teve com empresas nos últimos 12 meses, arriscamo-nos a afirmar que, pelo menos, 1 foi através desta tecnologia. Acertámos?

As organizações que adotem inteligência artificial para as mais diversas tarefas como atendimento ao cliente, análise de dados ou desenvolvimento de serviços vão reduzir os seus custos com recursos humanos e acelerar o crescimento, aumentando a vantagem competitiva relativamente à sua concorrência.

De acordo com o Techgrabyte:

“A Inteligência artificial é a maior oportunidade comercial para empresas, indústrias e nações nas próximas décadas” e “aqueles que adiarem a implementação da IA irão ficar em séria desvantagem competitiva.”

As razões para começar a utilizar esta tecnologia são várias, mas a principal é o facto de trazer uma grande vantagem competitiva.

razoes-para-adotar-inteligencia-artificial

Fonte: in Habr.com

 

2. Content Marketing (a chave principal do SEO)

Seguimos com o nosso rei habitual, o conteúdo (que é também a base intrínseca de outras tendências digitais que abordamos de seguida).

O content marketing é uma das armas mais poderosas para atribuir credibilidade a uma marca.

O estudo B2B Content Marketing Report revelou que os profissionais de marketing mais bem-sucedidos gastaram 40% do seu orçamento total de marketing em marketing de conteúdo.

De acordo com este relatório, o orçamento médio dos entrevistados era de 26%. E, claro, no pólo oposto, os que tinham piores resultados anuais utilizaram apenas 14% do orçamento para desenvolver conteúdo. 

Precisa de mais motivos para começar a apostar no conteúdo da sua marca? Então, há mais.

De acordo com vários estudos sobre Content Marketing:

  • 615 milhões de dispositivos utilizam bloqueadores de anúncios, o que significa que os anúncios podem não ser vistos por tantas pessoas;
  • Empresas pequenas com blogs geram 126% mais leads do que aquelas sem blogs;
  • O content marketing tem taxas de conversão 6 vezes maiores do que outros métodos;
  • O marketing de conteúdo custa menos 62% do que o outbound marketing e gera 3 vezes mais leads;
  • Com o Google a valorizar cada vez mais os artigos bem escritos e atualizados regularmente, muitas empresas líderes vão continuar a investir fortemente em marketing de conteúdo ao longo de 2020.

 

Um dos conselhos dado por John Mueller, da empresa Google, foi:

“Em vez de correr atrás das últimas tendências de SEO, é mais importante garantir que um website tenha rápida velocidade, links úteis e conteúdo bem escrito.”

E não podíamos estar mais de acordo.

Para além disso, temos de abordar também um dos maiores updates (de sempre) do algoritmo do Google, lançado no último trimestre do ano de 2019.

Esta atualização inclui o sistema BERT (Bidirectional Encoder Representations from Transformers), que foi pensado para auxiliar o Google a entender a linguagem natural que os utilizadores utilizam no motor de pesquisa - cá está, inteligência artificial!

É, por isso, fundamental desenvolver conteúdo “de pessoas para pessoas”, em tom conversacional, em sintonia com as boas práticas de SEO.

 

3. Pesquisa Zero Cliques

Esta tendência surge com os Featured Snippets, que aparecem na “posição zero cliques” dos resultados orgânicos do Google, como neste exemplo:

exemplo-featured-snippets-zero-results

Exemplo de um resultado Zero Cliques de Perguntas Frequentes de um cliente da Made2Web

 

Também conhecido como “Zero Results”, este é o novo ex-líbris do SEO moderno, uma vez que responde diretamente às pesquisas dos utilizadores sem a necessidade destes clicarem num link e saírem da página de resultados de pesquisa. E esta tendência está em constante crescimento!

De acordo com o Search Engine Journal, em 2019, 62,5% das pesquisas em dispositivos móveis e 34,4% das feitas em computadores originaram resultados de Zero Cliques. Dá para perceber a importância?

E existem determinados termos que estão a despoletar mais estes "Zero Results", como estes que a Ahrefs revelou:

palavras-chave-que-despoletam-featured-snippets

Fonte: Estudo Featured Snippets da Ahrefs

 

Assim, para além da importância de investir recursos em SEO, não se pode esquecer também desta nova tendência dos resultados orgânicos.

O objetivo é que a sua empresa consiga ocupar cada vez mais espaço nas SERPs (Search Engine Results Pages). Quanto mais espaço ocupar, maior será a probabilidade de aumentar a taxa de clique e, por conseguinte, melhorar o posicionamento das suas páginas.

 

4. Pesquisa por Voz e Smart Speakers

Ainda na vertente de SEO, a crescente utilização da pesquisa por voz levou a que as empresas repensassem as suas estratégias de marketing.

Os estudos sobre Voice Search revelam que:

  • 50% de todas as pesquisas serão feitas através de voz até ao final de 2020;
  • 72% das pessoas que possuem altifalantes ativados por voz dizem que os seus dispositivos já são utilizados ​​como parte das suas rotinas diárias;
  • As compras online por voz devem subir de 2 biliões de dólares (2018) para 40 biliões em 2022 - nos Estados Unidos da América e no Reino Unido.

 

Talvez estes números estejam um pouco longe da realidade em Portugal, no entanto, é uma (r)evolução que chegou para ficar.

A IA está a ficar mais perspicaz e o número de erros cometidos pelos assistentes de voz como Alexa, Siri e Google diminuiu bastante.

Atualmente, o Google Assistant tem 2.000 "ações" e a Alexa possui 30.000 "habilidades", funções estas que permitem que os assistentes de voz reajam de maneira muito específica aos comandos e consultas do utilizador.

Como o Digital Marketing Institute diz sobre voice search:

"Adotar uma estratégia de pesquisa por voz não é apenas sobre permanecer relevante - é também sobre criar uma experiência única e otimizada para o cliente que irá promover o relacionamento e criar lealdade à marca".

Esta tendência vai também ao encontro daquilo que explicámos no ponto anterior quando falámos da atualização do algoritmo do Google - o conteúdo deve estar otimizado de acordo com a forma de pensar e falar das pessoas.

 

5. Vídeos

Os conteúdos de vídeo não são novidade na lista de tendências anuais de Marketing Digital da Made2Web.

Este conteúdo continua a ser um dos must-to-have de marketing digital, hoje e provavelmente durante a próxima década.

Podemos falar de vídeos:

  • Institucionais;
  • Promocionais;
  • Testemunhos;
  • Casos de Sucesso;
  • How to...;
  • Perguntas frequentes;

Entre outros!

Exemplo de um vídeo de testemunho feito para um cliente da Made2Web

 

Se analisar os números de alguns estudos sobre vídeo, vai conseguir entender a sua importância:

  • 96% das pessoas visualizaram um vídeo explicativo para saber mais sobre um produto ou serviço;
  • 84% dizem que ficaram convencidas para comprar um produto ou serviço depois de ver o vídeo de uma marca;
  • 74% compraram ou fizeram download depois de ver um vídeo;
  • 86% dos utilizadores gostariam de ver mais vídeos das marcas em 2020.

Apesar de o Youtube ser o canal mais relevante, pode também utilizar o formato vídeo num post ou numa transmissão em direto nas redes sociais, ou até num email para nutrir leads e prospects.

video-email-marketing-made2web

Exemplo de email enviado pelo CEO da Made2Web, Miguel Vicente, para responder a uma proposta de Marketing Digital

 

Lembre-se de incluir os conteúdos de vídeo nas suas estratégias de content marketing. Assim, melhora o tempo de permanência dos utilizadores nas suas plataformas e aumenta a probabilidade de otimizar a classificação das suas páginas nos motores de pesquisa (está sempre tudo ligado!).

Para além do conteúdo visual, caso se aplique, pode aproveitar o vídeo para:

  • Publicar a transcrição num artigo de blog juntamente com o vídeo;
  • Transformar a transcrição do vídeo num artigo de blog mais completo, com uma reformulação e adição de estatísticas ou imagens relevantes;
  • Utilizar o áudio para um episódio de podcast;
  • Utilizar os vídeos nas suas campanhas de marketing e colocar a palavra "vídeo" no assunto para aumentar o engagement.

É um mundo que pode (e deve) explorar!

 

6. Marketing Personalizado

Melhor do que compreender as necessidades e interesses dos utilizadores, é adaptar o conteúdo do seu website para responder exatamente ao que eles procuram.

O marketing personalizado, também conhecido por one-to-one marketing, é entendido como uma estratégia de marketing que utiliza os dados do utilizador para entregar mensagens direcionadas (mensagem certa, no momento certo).

A personalização torna-se uma das ferramentas mais poderosas, uma vez que pode adaptar a sua oferta, tornando-a pessoal, e oferecer uma melhor experiência de utilização aos seus potenciais e atuais clientes.

 

Se quer fazer a diferença em 2020, deve incluir marketing personalizado na sua estratégia - e isso significa criar conteúdo personalizado para pillar pages, landing pages, vídeos, e-mails e muito mais.

No que toca a emails personalizados, por exemplo, os resultados são muito bons: “Os emails personalizados e acionados com base no comportamento do utilizador são 3x melhores que os emails gerais sem segmentação".

No exemplo abaixo, a regra criada é:

Um potencial cliente recebe uma proposta, mas não contacta a empresa para adjudicar o serviço. Então, ao final de 5 dias, a lead recebe um email com uma comunicação adaptada: "continua à procura..." e "há 4 dias enviámos-lhe...", bem como novos motivos, value propositions, para mostrar ao utilizador por que motivo deve adquirir o serviço.

email-marketing-personalizado-one-to-one-made2web

Exemplo de estratégia de email marketing de um cliente da Made2Web

 

Este tipo de marketing traz benefícios óbvios:

  • Ajuda a conhecer melhor as suas buyer personas;
  • Possibilita a personalização das mensagens, tornando-as mais assertivas e oportunas;
  • Favorece a venda ou possível upsell de produtos ou serviços.

 

7. Conteúdo Interativo

O marketing de conteúdo tem incorporado cada vez mais tipologias de conteúdos e os interativos são também uma das tendências digitais que mais cresceu nos últimos tempos.

Este tipo de conteúdo tem como objetivo criar interação e proporcionar ao utilizador uma experiência imersiva.

Falamos de:

  • Vídeos 360º;
  • Anúncios de realidade aumentada;
  • Sondagens;
  • Quizzes;
  • Calculadoras em tempo real.

Mostramos-lhe um bom exemplo de um Quiz, que a Made2Web desenvolveu para um cliente que realiza tratamentos para hiperidrose:

quiz-suor-excessivo

Fonte: cirurgia-vascular.pt

 

E um exemplo de uma calculadora em tempo real:

calculadora-tempo-real-made2web

Fonte: www.realvidaseguros.pt

 

Em ambas as situações, o utilizador é convidado a interagir com o conteúdo para obter um resultado no final. 

As pessoas gostam não só pela inovação e originalidade, mas também porque se sentem mais ligadas à marca e envolvidas no processo de compra.

E, enquanto isso, os utilizadores passam mais tempo nas suas páginas web!

 

8. Chatbots

Mais uma tendência baseada em IA: os chatbots.

Podem não ser novidade, mas estão cada vez mais em voga. E se quiser melhorar a performance da sua estratégia digital, os chatbots têm de fazer parte do seu plano para 2020.

Esta tecnologia cria mensagens instantâneas para conversar em tempo real com os visitantes do website e permite:

  • Atendimento 24/7;
  • Respostas a perguntas simples;
  • Rapidez na resposta;
  • Histórico de comunicação.

As pesquisas mostram que 63% dos utilizadores prefere enviar mensagens para um chatbot quando quer comunicar com uma empresa. Uma estatística que não pode ser ignorada!

 

chatbot-casa-galp-made2web

Exemplo de utilização do chatbot da Casa Galp

Um bom exemplo é o chatbot virtual da Casa Galp, que permite, entre outras coisas, fazer as leituras dos contadores da eletricidade e do gás, sem ter de telefonar para nenhum número ou falar com operadores. Conseguimos:

  • Perceber onde encontrar o nosso número de cliente (guardar para uma próxima leitura);
  • Recordar as leituras anteriores;
  • Inserir a nova leitura.

Et voilà!

9. Google Ads Smart Bidding

O número de páginas online cresce de forma galopante e a primeira página de resultados de pesquisa do Google tem concorrência cada vez mais forte.

Para além da estratégia orgânica, deve pensar cada vez mais na publicidade paga para conseguir alcançar, a curto prazo, os lugares cimeiros das SERPs.

O Google explica o que é o Smart Bidding:

“Os algoritmos de aprendizagem das máquinas trabalham os dados em larga escala para ajudar a fazer previsões mais precisas dentro da sua conta de anúncios sobre como diferentes valores de licitação podem afetar as conversões ou o valor da conversão”.

Yap!, mais um benefício proporcionado pela inteligência artificial e machine learning.

Os anunciantes podem entregar as rédeas das campanhas PPC (pay-per-click) ao sistema de IA do Google, que vai otimizar o seu orçamento para maximizar o ROI.

Isto para qualquer objetivo, incluindo:

  • CPA Alvo - Gerar novas leads e clientes para um custo máximo por aquisição definido por si;
  • ROAS Alvo - Obter o melhor retorno dos investimentos em publicidade;
  • Maximizar as conversões - Aumentar a taxa de conversão dos anúncios (mais vendas, mais subscrições, mais downloads…).

 

10. Stories nas Redes Sociais

O Snapchat lançou o conceito e virou moda.

As Stories chegaram depois ao Instagram, WhatsApp, Facebook e Messenger, Skype e, por último, ao final de 4 anos, Youtube.

 

Pode criar stories com diferentes tipologias de conteúdo:

  • Imagem estática;
  • Vídeo;
  • Sondagem;
  • Associar links ou calls-to-action.

Imagine que quer desenvolver um conteúdo que responda a dúvidas reais e atuais do seu público. Faça uma uma “Pergunta” e questione o seu target no Instagram Stories sobre quais as FAQs que têm. Agregue todas e faça um vídeo ou artigo de blog onde as clarifica! 

Assim, vai estar a criar conteúdo de valor, baseado nos pain points das buyer personas.

 

11. Posts de Shopping (social commerce)

Social Commerce refere-se à compra direta de produtos através de posts ou anúncios nas redes sociais. Este conteúdo permite ao utilizador comprar sem sair das redes sociais. Tão simples como isso!

Desde que o Instagram Checkout foi lançado, em 2019, esta tipologia de post mereceu ainda mais destaque.

 

posts-shopping-instagram-made2web

Exemplo de Shopping Post no Instagram da Mango

 

A boa notícia para quem já tem uma loja de e-commerce é que, se a tiver desenvolvido com a plataforma Shopify, basta ligar as contas (entre Shopify e Instagram).

Esta funcionalidade facilita (e muito) o processo de checkout e oferece ao utilizador uma experiência de utilização e aquisição mais célere.

Se pensarmos que, segundo a Smart Insights, 90% das pessoas comunicam diretamente com uma marca via redes sociais, este deve ser um meio no qual deve ponderar investir. Se vender produtos online B2C... mais ainda!

 

12. Omnichannel Marketing

Por último, considerámos uma tendência que agrega todas as plataformas de marketing disponíveis (online e offline), colocando o cliente no centro de tudo: estratégia omnichannel.

ESQUEMA-OMNICHANNEL

Imagine as seguintes situações:

  • Vê um produto online com desconto e entrega gratuita, mas não tem a certeza se gosta. Vai à loja física e experimenta. Como no website tem um desconto, acaba por comprar online e recebe em casa.

ou

  • Recebe um catálogo em casa, compra o produto online, mas recebe e não vai ao encontro das suas expectativas. Dirige-se à loja e faz uma troca por outro produto do seu agrado.

Ambas são exemplos do comportamento que utilizador consegue ter se a sua marca tiver uma estratégia omnichannel bem sustentada.

Assim, proporciona ao cliente uma experiência de compra de qualidade, independentemente do canal escolhido.

Os números mostram que as empresas que utilizam três ou mais canais conseguem, comparativamente a marcas que utilizam apenas um canal:

  • +250% maior frequência de compra;
  • +13% mais de valor médio por encomenda;
  • +90% de retenção de clientes.

 

2020 está aí… e agora?

É tempo de refletir e pôr mãos à obra.

No digital, a evolução tecnológica sente-se a cada pulsação.

E aqui, na Made2Web, fazemos questão de que as empresas que confiam em nós cresçam ao mesmo ritmo. É por isso que estas tendências já fazem parte dos planos operacionais de 2020 dos nossos clientes.

Caso queira implementar alguma destas soluções de marketing digital para alavancar os seus resultados online… fale connosco! 😉