Bill Gates disse-nos há muitos anos atrás que Content is King, provavelmente sem ainda prever que a sociedade seria vítima de uma pandemia, que faria sobressair ainda mais o longo reinado do conteúdo. O ano de 2020 tem valorizado o Content Marketing como nunca antes.

Rute Almeida, diretora da Made2Web e especialista em Marketing de Conteúdos, aborda o tema de Content Marketing em 2020

 

A mudança de algoritmos de grandes plataformas sociais como o Google, o Facebook, Instagram e Twitter evidenciaram a importância dos conteúdos visuais; o vídeo continua a crescer, como uma ferramenta inegável para concretizar vendas sobretudo em contexto de distanciamento social; e a realidade virtual (VR) começou a exigir o seu espaço.

Saiba quais têm sido os tipos de conteúdo mais usados e as novas tendências!

tendencias-2020-01

 

As Estatísticas do Conteúdo Visual

O cérebro humano funciona de uma forma muito peculiar. Quando ouvimos informação apenas somos capazes de recordar 10% da mesma três dias depois. No entanto, sabia que se uma imagem relevante estiver associada a essa informação a percentagem sobe para 65%?

Talvez por isso 70% das empresas está a investir em Content Marketing, com inclusão de estratégias de conteúdo visual (HubSpot, 2020), sobretudo através de vídeo, com vista a promoção de produtos.

Mas as estatísticas não se ficam por aqui. 80% dos marketeers garantem que usam material visual na sua estratégia de Social Media Marketing, sendo que a maior parte do tempo é passada a criar conteúdo para o Facebook e Website do negócio, nesta ordem.

O vídeo é o formato de destaque com uma preferência de 63%, ultrapassando já o blogging como estratégia de comunicação nas redes sociais. 

 

Infográficos

guia-para-auditorias-de-marketing-digital-1

Nos últimos 4 anos, os infográficos (o mix de texto e imagem) registaram o maior crescimento entre os marketers do formato B2B, na ordem dos 65%, de acordo com o Content Marketing Institute.

Pessoas que seguem direções com texto e imagem têm uma probabilidade de sucesso na compreensão 323% superior às que apenas têm acesso à informação sem ilustração.

Como mostra a imagem acima apresentada, os infográficos são claros, fáceis de ler e uma excelente estratégia para reunir informação de uma forma dinâmica e memorável. Este formato é já o 4º tipo de conteúdo mais utilizado (a seguir aos posts de redes sociais, case studies, vídeos e ebooks/whitepapers) e uma estratégia a adotar.

 

Vídeos 

 

O vídeo tem dado provas incontornáveis da sua força como formato de comunicação. Útil e capaz de gerar resultados em todas as fases de um ciclo de vendas, o vídeo atrai, envolve e mantém o cliente agarrado ao ecrã.

Em 2021, 82% do tráfego global de internet será vídeo, de acordo com a Cisco.

 

De considerar ainda que:

  • O uso de vídeo em mobile cresceu para cerca de 10 milhões de minutos visualizados diariamente nos últimos dois anos;
  • O YouTube é a plataforma de conteúdo de vídeo mais utilizada (83%), seguida pelo Facebook (67%), segundo a HubSpot;
  •  70% dos utilizadores do Youtube procuram vídeos que os ajudem a resolver problemas no seu hobbie, trabalho ou estudo, o que indica a predisposição para formatos de how-to videos, que podem ser interessantes para o negócio.

 

Posts de Redes Sociais

02-08

 

Considerando que só no Instagram há mais de 500 milhões de utilizadores ativos todos os dias, é certo pressupor que há um grande potencial de negócio, do outro lado do ecrã, que já consome conteúdo de social media em modo non-stop.  

 

Consideremos algumas estatísticas relevantes (HubSpot, 2020; BuzzSumo, 2020):

  • Apesar de o Instagram ter metade dos utilizadores do Facebook, agrega uma maioria de jovens adultos até aos 34 anos;
  • Dentro dos formatos de Instagram Stories que os consumidores mais preferem, 35% são os de narrativa curta, seguida de formatos mais interativos como questionários e sondagens;
  • 56% dos inquiridos num questionário com mais de 300 participantes declararam que “às vezes” viam os Stories com som, em contraste com os 29% que viam “sempre” dessa forma.
  • Os posts de Facebook com imagem registam 2.3x mais engagement do que os que apenas incluem texto. 
  • Vídeos em direto no Facebook têm uma taxa de envolvimento de 4.3% quando comparada à taxa de 2.2% para vídeos non-live;
  • Artigos com uma imagem a cada 75-100 palavras recebem o dobro de partilhas nas redes sociais.

 

O futuro do Conteúdo, agora!

Estas estatísticas de conteúdos no Marketing Digital servem de alerta às empresas para a necessidade de adotarem novas plataformas sob o pressuposto de que o futuro será muito mais visto do que lido.

Continue a seguir os movimentos do Content Marketing e estará a acompanhar as melhores formas digitais de atuar no mercado – nunca esquecendo que a capacidade de adaptação é o veículo para uma estratégia ajustada à sua audiência.

Quero apostar numa Estratégia de Conteúdos Digitais >