Resumo da atualização:

  • Depois de ter sido testada nos Estados Unidos, a ferramenta de Instagram Shopping foi alargada a 8 novos países: Reino Unido, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Itália, Espanha e Brasil.
  • A ferramenta já pode ser vista em páginas internacionais, como a H&M.

Agora em detalhe:

Após um ano de testes nos EUA, a tão esperada funcionalidade de Instagram Shopping foi alargada a 8 novos países: Reino Unido, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Itália, Espanha e Brasil. Portugal ainda não é um dos felizes comtemplados, mas a chegada desta ferramenta poderá estar para breve.

Como funciona?

As marcas podem agora criar tags de produtos nas imagens que publicam, com o nome e preço do artigo. Estas tags funcionam como a identificação de um amigo ou página num post.

Podem ser identificados até 5 produtos por imagem e estamos perante um limite máximo de 20 produtos por post de carrossel (com várias imagens). É também possível guardar rascunhos ou pré-visualizar o post final antes de publicar. 

Quando o utilizador clicar na imagem pode ver mais detalhes sobre os produtos apresentados. Ao clicar em cada uma dessas tags, abrimos mais detalhes sobre o produtos (ainda no Instagram). Esta descrição inclui:

  1. Uma imagem do produto;
  2. Uma descrição do artigo;
  3. O preço do artigo;
  4. Um link que leva as pessoas para a página do artigo no nosso website, onde o podem comprar.

O botão "Comprar agora" leva-nos para a página do produto no website da marca para podermos finalizar a compra.

via GIPHY

Esta atualização está disponível apenas para perfis comerciais e na app do Instagram. Algumas páginas internacionais como a H&M, Kate Spade ou a Ted Baker já estão a usar a ferramenta.

Neste momento, este tipo de posts pode ser usado apenas em publicações orgânicas e não em campanhas. 

 

A nossa opinião...

Há muito que aguardamos por este tipo de novidade! O Instagram tem crescido exponencialmente ao longo dos últimos anos, mas as ferramentas das páginas e dos anunciantes são ainda muito limitadas. 

Esta atualização pode marcar a diferença, principalmente em lojas online! Resta-nos aguardar ansiosamente...

QUERO SABER MAIS SOBRE REDES SOCIAIS »