No dia 28 de junho de 2018, o Facebook anunciou uma novidade agridoce para os seus anunciantes. Nas páginas, é agora possível ver uma nova tab de "Informações e Anúncios" que nos mostra os anúncios que a página tem atualmente online.

Esta alteração poderá ter uma grande influência na sua estratégia digital de redes sociais, tanto na ótica de cliente, como de empresa.

Mesmo que não façamos parte da segmentação de um anúncio do Facebook, podemos encontrá-lo nesta nova tab na página do anunciante.

O que podemos ver na nova tab do Facebook:

1. Informações da página

Aqui podemos saber mais sobre a página e aparecem mesmo que não existam anúncios online. Para já, podemos apenas saber a data de criação da página e se o nome da página foi alterado recentemente, mas o Facebook deixa já o aviso de que, nas próximas semanas, será adicionada mais informação.

2. Anúncios ativos da página anunciante

Podemos ver os vários anúncios que a página tem naquele momento ativos no Facebook Ads, o que inclui Facebook, Instagram, Messenger, ou a Rede de Parceiros.

Podemos ver o criativo do anúncio mas não podemos interagir com ele ou ver as interações de outras pessoas. Nesta secção podemos ainda denunciar anúncios que consideramos inapropriados.


Vídeo "Ads and Pages Transparency Demo". Fonte: Facebook

 

Nas palavras do Facebook:

"Ao expormos todos os anúncios, assim como as páginas que os produziram, vai ser mais fácil acabar com as práticas abusivas - ajudando a garantir que os demais anunciantes são responsabilizados pelos anúncios que colocam na plataforma."

 

Passito a passito para uma maior transparência também na publicidade política

Uma outra novidade anunciada no mesmo dia vem tentar prevenir casos como o da ínfame Cambridge Analytica, que usava anúncios para influenciar ao voto. Nos anúncios de conteúdo político, todos podem ver quem está a pagar pelo anúncio, quanto está a ser gasto e os resultados obtidos.

anuncios-com-conteudo-politico

Exemplificação do funcionamento dos anúncios políticos. Fonte: Facebook Newsroom

No Brasil, o Facebook vai lutar já este ano pela transparência nas eleições através de uma identificação clara de anúncios de teor político, através da inserção deste tipo de ferramentas. Os anúncios com conteúdos políticos vão ainda aparecer num arquivo navegável.

 

A nova tab de Informações e Anúncios vista pelo lado da empresa

Sem desvalorizar a intenção nobre do Facebook em lutar pela transparência (que é obviamente muito necessária) os anunciantes estão agora expostos como nunca antes estiveram. Os bons e os maus. 

Qualquer pessoa, seja seu cliente, ou concorrente, poderá ter acesso a uma grande parte da estratégia de Facebook Ads da sua empresa.

Mesmo que a segmentação e interação do anúncio não esteja visível, é fácil perceber que tipo de anúncio é para quem e qual a estratégia que o impulsiona.

Os seus concorrentes estão agora armados com conhecimento fundamental e uma nova ferramenta: a denúncia dos anúncios.

O Facebook ainda não explicitou como vai ser feita a moderação das denúncias mas é pouco provável que um anúncio com boa performance seja removido sem uma revisão mais extensa.

Vamos ficar atentos ao impacto destas novas ferramentas e apelamos sempre a uma prática honesta e transparente nas redes sociais. 

QUERO SABER MAIS SOBRE REDES SOCIAIS »