O conteúdo de um website e a forma como este é trabalhado a nível de Search Engine Optimization (SEO) é cada vez mais importante, pois é o que retém o utilizador. Um utilizador que permaneça no website e navegue nas diferentes páginas, ajuda a que o Google o posicione melhor nos resultados de pesquisa.

No momento da criação do conteúdo para uma página no website deve sempre ter em atenção o utilizador e a forma como este procura nos motores de pesquisa, uma vez que é através daqui que deverá vir a maioria do seu tráfego.


O utilizador e o seu comportamento de pesquisa

O nível de exigência dos utilizadores está a mudar a forma de fazer pesquisas no Google. Atualmente, e muito devido às diferentes otimizações que o Google tem feito constantemente na sua rede de pesquisa e no seu algoritmo, os utilizadores podem recorrer a funcionalidades como fazer pesquisas por voz que facilitam e humanizam a pesquisa.


Quais as novas tendências de pesquisa do Google?

Hoje em dia, a forma como os utilizadores fazem as suas pesquisas no Google™ está a mudar. Os utilizadores esperam uma experiência cada vez melhor durante a sua pesquisa, ou seja, esperam encontrar uma resposta simples e rápida para as suas questões.

novos-comportamentos-de-pesquisa

Para além disso, os utilizadores usam uma linguagem mais natural e recorrem, cada vez mais, a termos de pesquisa em forma de questão:

  • Como...?;
  • Onde...?;
  • Quando...?;
  • Porquê...?,

O objetivo é encontrar a informação que procuram mais rapidamente, quer pela pesquisa escrita, como pela pesquisa por voz.

Alguns exemplos de pesquisas através de perguntas mais frequentes no Google™:

  • Como dar o nó da gravata?
  • Como perder peso?
  • Como fazer dinheiro?
  • Como fazer panquecas?

As pesquisas em forma de questão cresceram mais de 140% desde 2014. 

Isto revela a importância do conteúdo dos websites serem adaptados para responder facilmente a este tipo de perguntas.


Como criar conteúdo de acordo com as novas intenções de pesquisa dos utilizadores?

Os termos de pesquisa utilizados pelos utilizadores para encontrar o que procuram no Google™ podem recair em 3 categorias diferentes de acordo com a fase do funil em que se encontram:

     1. Termos de pesquisa transacionais

Os utilizadores que fazem este tipo de pesquisas utilizam termos de pesquisa começados por “Como” e estão mais próximos de converter, uma vez que andam à procura de acompanhamento para satisfazer uma necessidade ou resolver um problema.

Trabalhar palavras-chave relacionadas com este tipo de pesquisas é uma ótima forma de conseguir que a sua empresa aumente as conversões de download de um ebook, ganhe novos subscritores de newsletters, ou até mesmo aumente o registo de novas contas de utilizador;

     2. Termos de pesquisa informativos

Nesta categoria temos os utilizadores que fazem as suas pesquisas com termos começados por “Onde”, “Quando”, “Quem”, etc., o que mostra que estão mais próximos de completar uma compra. Aqui, a pesquisa já recai em informações mais específicas sobre um determinado produto ou serviço;

     3. Termos de pesquisa de navegação

Aqui temos os utilizadores que já tomaram a sua decisão e já conhecem o nome da marca e do produto ou serviço que querem comprar. Aqui entram as palavras chave de branding, que são mais fortes, quanto mais forte for a marca.



Antes de escrever conteúdo para o seu website pense na estratégia que pretende adotar e escreva de acordo com esta. Só assim, conseguirá que este seja adaptado ao seu público-alvo e à ação e comportamento que pretende que estes tenham no seu site.

No caso de estar a pensar refazer o conteúdo, tenha em consideração estas 3 categorias e os termos de pesquisa que os utilizadores usam. É importante e um bom ponto de partida para saber o que deve ser otimizado.

QUERO SABER MAIS SOBRE SEO »