Quantas vezes já se interrogou “o que é que os meus concorrentes andam a fazer para terem tantos seguidores no Facebook ou um posicionamento tão bom no Google?”


O que é que andam a fazer que você não está ainda a fazer?

Para responder a estas questões deve realizar uma análise de marketing digital da sua concorrência. Quando foi a última vez que fez uma?

Ao realizar uma análise digital a concorrência poderá:

  • Identificar lacunas no mercado
  • Descobrir as tendências do mercado
  • Divulgar e vender mais eficazmente

Analise o website dos seus concorrentes

Analisar o site do seu concorrente é a maneira mais rápida de avaliar o seu marketing.

Tire nota de qualquer um dos itens a seguir e identifique o URL específico (das páginas dos websites dos seus concorrentes) para referência futura:

O Marketing de Conteúdos: Variedade e Quantidade

  • Eles têm blog?
  • Eles investem em white papers ou ebooks?
  • Eles publicam vídeos ou webinars?
  • Eles têm um podcast?
  • Eles usam conteúdo visual estático, como infografias?
  • Eles têm uma seção de FAQs?
  • Existem artigos em destaque?
  • Eles apresentam estudos de caso?
  • Quais são as campanhas publicitárias on-line que têm a decorrer?

De seguida, veja a quantidade de cada um desses itens. Eles têm várias centenas de posts ou uma pequena quantidade? Existem cinco white papers e apenas um ebook?

Em seguida, determine a frequência da produção e divulgação desses conteúdos. Eles publicam algo novo a cada semana ou uma vez por mês? Com que frequência é publicado um novo ebook ou estudo de caso?

Se encontrar um arquivo robusto de conteúdo, é provável que os seus concorrentes publiquem regularmente. E dependendo dos temas publicados, esse conteúdo pode ajudar a entender melhor as estratégias que os seus concorrentes usam para gerar leads.

A partir deste ponto deve avaliar a qualidade do conteúdo. Afinal, se a qualidade for fraca, não importa a frequência com que os seus concorrentes publicam, já que o seu público-alvo não irá valorizar o conteúdo.

 O Marketing de Conteúdos: Qualidade

qualidade

Reveja apenas uma amostra, em vez de analisar cada peça de conteúdo, tornando o processo ingerível.

A sua amostra de conteúdo deve incluir peças que cobrem uma variedade de tópicos tal, que lhe permita ter uma imagem bastante completa do que os seus concorrentes partilham com o público-alvo.

 

Ao analisar o conteúdo dos seus concorrentes, considere as seguintes questões:

  • Quão preciso é o conteúdo?
  • Encontra erros de ortografia ou gramática?
  • O conteúdo é aprofundado ou genérico? Arranha o tema à superfície ou é mais avançado com ideias disruptivas?
  • Que tom de comunicação usam?
  • O conteúdo está estruturado para legibilidade? (usam listas numeradas, bullets, citações, negritos?)
  • O conteúdo está disponível para qualquer leitor ou é necessário efetuar uma ação para ter acesso ao mesmo?
  • Quem escreve o conteúdo? (Equipa interna? Uma pessoa? Contribuidores múltiplos?)
  • Existe uma biografia visível associada a cada artigo?

Ao prosseguir com a análise ao conteúdo, preste atenção às fotos e imagens que os seus concorrentes usam.

As fotos são genéricas ou personalizadas? São imagens ou ilustrações?

Se usam fotos genéricas de bancos de imagens, têm sobreposições de citações ou chamadas para ação (Call to actions) específicas para os seus negócios?

Se as fotos são personalizadas, são obtidas de profissionais gráficos externos ou parece-lhe que são feitos internamente? 

Se, com esta análise, conseguir uma sólida compreensão da estratégia de marketing de conteúdo dos seus concorrentes, é agora altura de descobrir se este conteúdo está realmente a funcionar.

 

Analise a interação da comunidade à volta dos conteúdos

Para avaliar o quão envolvente o conteúdo dos seus concorrentes é para os seus leitores, precisará de constatar como é que o público-alvo interage ao que estão a publicar. Assim, poderá verificar, por exemplo, o número médio de comentários, partilhas e gostos no conteúdo e descobrir se:

  • Certos tópicos resultam melhor do que outros;
  • Os comentários são negativos, positivos ou uma mistura de ambos;
  • Os leitores respondem melhor às atualizações do Facebook sobre determinado conteúdo.

Lembre-se de verificar se os seus concorrentes categorizam o conteúdo através de tags e, se têm botões de partilha nas redes sociais, presentes em cada conteúdo. Ambos serão uma ação de interação (engagement).

engagement

Analise a promoção dos conteúdos

A partir da análise da interação irá conseguir entender a estratégia de promoção de conteúdos dos seus concorrentes:

  • Como é que eles promovem os conteúdos mais recentes fora do website?
  • Com que frequência partilham conteúdo através do Facebook ou do Twitter?
  • Eles usam anúncios pagos nas redes sociais?
  • Eles trabalham com influenciadores?

Basicamente precisa de entender como é que eles lidam com o conteúdo. 

Partilha de conteúdo com Email Marketing e Newsletters 

Também deve verificar a existência de formulários de subscrição de newsletters ou quaisquer outros formulários com opt-in. Observe as call to actions específicas de cada formulário para melhor entender como é que eles levam potenciais clientes a entrar no funil de vendas.

  • Que perguntas fazem nos seus formulários?
  • Quais são os fluxos de nutrição de leads que eles criaram?

Estas informações dão-lhe ideias sobre as táticas que os seus concorrentes usam atualmente, bem como da mensagem que os relaciona com os seus clientes e prospects.

Otimização de conteúdo para SEO

Agora que sabe quais os tipos de conteúdos que os seus concorrentes estão a usar, bem como a qualidade dos mesmos, vai querer avaliar o quão otimizados estão, especialmente para os resultados de pesquisa (Pesquisa de Google orgânica).

Poderá realizar uma avaliação qualitativa para determinar como é que as palavras-chave são usadas na amostra de conteúdo que escolheu analisar.

seo

Irá procurará a otimização de palavras-chave nas seguintes áreas:

  • Título da página
  • Estrutura de URL
  • Título
  • Headers
  • Densidade das palavras-chave
  • ALT de imagem
  • Uso de links internos

As seguintes perguntas também podem ajudar a priorizar a sua análise:

  • Quais as palavras-chave que os seus concorrentes estão a trabalhar e às quais você ainda não dedicou conteúdo?
  • Qual é o conteúdo dos seus concorrentes que é altamente partilhado e alvo de link building? E de que forma é que o seu conteúdo se compara?
  • Em que plataformas sociais é que o seu público-alvo é mais ativo?
  • Que outros sites estão a linkar de volta ao site dos seus concorrentes, mas que não linkam ao seu?
  • Quem mais está a partilhar o que os seus concorrentes publicam?
  • Quem faz referência aos sites dos seus concorrentes?

Presença nas Redes Sociais

A última área que deve avaliar quando se trata de marketing digital é a presença dos seus concorrentes em Social Media e as suas taxas de interação.

  • Como é que a sua concorrência origina interação com a marca através das redes sociais?
    • Vê botões de partilha social em cada artigo?
    • Os seus concorrentes têm links para os seus canais de social media no cabeçalho, rodapé ou em outro lugar?
      • Estes são claramente visíveis?
      • Eles usam call to actions com esses botões?

Se os seus concorrentes usam uma rede social que você não pode estar a usar, vale a pena saber mais sobre como é que essa plataforma social poderá também ajudar o seu negócio.

Para determinar se uma nova plataforma de redes sociais é merecedora do seu tempo, verifique as taxas de participação dos seus concorrentes nesses websites.

redes-sociais

Primeiro, verifique se a sua concorrência possui uma conta nas seguintes plataformas:

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Snapchat
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Pinterest

Em seguida, tome nota dos seguintes itens quantitativos de cada plataforma:

  • Número de fãs / seguidores
  • Frequência e consistência de posts
  • Envolvimento do conteúdo (Os utilizadores deixam comentários ou partilham as suas publicações?)
  • Viralidade de conteúdo (Quantas partilhas, pins e retweets obtêm as suas publicações?)

Com o mesmo olhar crítico que usou para avaliar a estratégia de marketing digital de conteúdo da sua concorrência, analise agora também a sua estratégia de social media:

  • Que tipo de conteúdo eles publicam?
    • Eles estão mais focados em orientar as pessoas para páginas de destino (landing pages) originando leads?
    • Ou eles publicam conteúdo visual para promover a interação e a visibilidade da marca?
  • Quanto desse conteúdo é original?
    • Eles partilham conteúdo originário de outras fontes?
    • Essas fontes são contribuintes regulares?
    • Qual é o tom geral do conteúdo?
  • Como é que a sua concorrência interage com os seguidores?
    • Com que frequência os seguidores interagem com o seu conteúdo?

Se seguir esta sequência de análise para todos os seus concorrentes, esteja certo de que estará a usar a melhor informação possível para catapultar a sua marca para o sucesso.

New Call-to-action


Conteúdo baseado no artigo: “How to run a competitor analysis – A marketer’s guide”- Hubspot.com