Nos dias de hoje, as pessoas efetuam mais pesquisas no Google através de dispositivos móveis, mas o algoritmo continuava a dar primazia à versão desktop de um website para o classificar. Com o Mobile First Index, o objetivo é passar a avaliar a versão mobile de um website quando alguém faz uma pesquisa através de um smartphone. Descubra neste artigo quais as implicações para o posicionamento do seu website.

QUERO SABER MAIS SOBRE SEO »

 

 

A grande tendência de pesquisa em mobile

Podemos afirmar que os dispositivos móveis dominaram o mundo. Quase todas as pessoas têm um smartphone, outras mais do que um, e utilizam-no principalmente para comunicar e procurar informação.

Em muitos países, o número de telemóveis ultrapassou mesmo o número de computadores.

Desta forma, é fundamental adaptar o seu website para esta realidade, reforçando a presença online da sua marca.

 

O que muda com o First Mobile Index?

Apesar dos utilizadores efetuarem mais pesquisas nos seus telemóveis, o Google continuava a atribuir maior importância à versão para computadores dos websites para avaliar a relevância de uma dada página para determinado termo de pesquisa.

Isto estava a causar problemas porque, normalmente, as páginas para mobile têm menos conteúdo do que as para desktop. Ou seja, a avaliação feita não tinha em conta a página real para onde era encaminhado o utilizador de smartphone.

Para tornar os resultados mais fidedignos, o Google desenvolveu o Mobile First Index, que indica aos algoritmos que deverão utilizar a versão mobile do website para classificar as páginas do mesmo.

A promessa da empresa é continuar a oferecer uma ótima experiência de pesquisa para todos os utilizadores, sejam eles vindos de computador ou telemóvel.

Na Made2Web, já começámos a ver esta atualização na indexação dos websites dos nossos clientes. E o melhor é que o Google Search Console ajuda-nos com um aviso via e-mail:

mobile-first-index-made2web

Se tem um website deverá ter em conta que:

  • Mais do que um website responsive, deve ter todo o seu conteúdo compatível com dispositivos móveis.
  • O carregamento rápido de conteúdo é cada vez mais importante.
  • O ranking do Google continua a usar diversos fatores para classificar a relevância das páginas do seu website. Desta forma, podem continuar a ser mostradas páginas que não são 100% compatíveis com dispositivos móveis, ou que estão a ser carregadas mais lentamente.

 

Saiba mais sobre as práticas recomendadas no Mobile First Indexing aqui »

 

E se o seu website não tiver uma versão para mobile?

Caso não tenha uma versão mobile, o Google irá continuar a indexar a versão desktop do seu website.

Ainda assim, lembre-se sempre da experiência do utilizador. Isto porque, é sabido, a usabilidade de um website na versão desktop é sempre comprometida quando acedida num smartphone.

website-versao-mobile-googleVersão destktop VS. versão mobile vista em smartphone. Fonte: Google™

 

Mantenha o mesmo conteúdo na versão mobile do seu website

Se o Google vai passar a avaliar primeiro a versão mobile do seu website, é bom que mantenha o mesmo conteúdo da sua versão para computadores.

O nosso conselho é que aposte numa abordagem responsive, claro, mas certifique-se de que o conteúdo é o mesmo e a relevância também.

New Call-to-action